Psicologia das cores e seu uso no marketing

Durante todo o processo de criação do marketing (concepção de logo, site, embalagens, etc), uma parte que não pode ser negligenciada é a da psicologia das cores. Isso porque fazer o uso certo delas, pode ser o diferencial entre um impacto positivo do seu público-alvo ou não.  

Vamos explicar neste artigo um pouco mais de como ela funciona, exemplos de marcas e como cada cor desperta diferentes sensações no consumidor. 

O que é a psicologia das cores? 

Trata-se de um estudo que visa entender o comportamento das pessoas em relação à determinadas cores. A ideia é analisar e definir que emoções e sentimentos são despertados a partir da exposição da pessoa à determinada cor.  

Focando-se no marketing, a psicologia das cores visa compreender como seu uso impacta na recepção da marca com o consumidor. Por exemplo: ele vai sentir-se atraído ao ver determinado logo? Ele vai sentir um maior desejo de consumir com o uso de determinada cor? Tudo isso precisa ser levado em conta na hora da criação de ações e até mesmo do logotipo da empresa. 

cores

marcas famosas, suas cores e o que cada uma busca transmitir

Por isso torna-se fundamental saber não apenas o tipo de público que você quer atrair, como que sentimentos ou sensações quer despertar, pois o uso errado de uma cor pode afastar o consumidor, que não sentirá uma identificação daquilo que ele precisa na sua marca. 

Para se ter uma ideia, uma pesquisa divulgada recentemente pela KISSMetrics (empresa americana de análises da web) constatou que 85% dos consumidores definem a cor como a razão principal para comprar um produto em particular. 80% acham que a cor determina o reconhecimento da marca e 93% assumem darem mais importância ao visual e à cor do produto ao fazerem suas compras. 

O círculo cromático 

Como puderam ver acima, muitas decisões de compra podem ser tomadas nos primeiros segundos, a partir do impacto das cores nos clientes. Porém, você não irá usar apenas uma cor em tudo não é mesmo? Só que você precisa escolher cores que harmonizem entre si para poder obter melhores resultados e é aí que entra o círculo cromático. 

Este círculo normalmente traz um total de 12 cores, sendo três primárias, três secundárias e seis terciárias. Ele segue o seguinte padrão: cor primária, cor terciária, cor secundária, cor terciária e cor primária novamente. Com isso, é possível estabelecer combinações de cores a partir das mais variadas opções. As principais são: 

  • Complementares; 
  • Análogas; 
  • Triângulo; 
  • Meio complementares; 
  • Retangulares; 
  • Quadrado. 

Porém, caso haja dúvidas das melhores combinações, temos muitos programas que oferecem paletas que se valem dessas diversas combinações, como por exemplo o Adobe Color. 

circulo cromatico

Psicologia das cores: o que cada uma representa? 

Cada cor vai trazer um determinado sentimento às pessoas e de acordo com seu negócio, você desejará estimular diferentes sensações a elas. Por conta disso, é importante entender o que cada uma delas significa. Talvez um dos melhores compilados destes sentimentos, seja o do site No Film School, que destaca seu uso para o cinema, mas que serve igualmente para nosso propósito. 

Falamos de um resumão, confiram: 

  • VERMELHO – raiva, paixão, desejo, excitação, energia, velocidade, força, poder, calor, amor, agressão, perigo, fogo, sangue, guerra, violência; 
  • ROSA – amor, inocência, saudável, feliz, contente, romântico, encantador, brincalhão, suave, delicado, feminino; 
  • AMARELO – sabedoria, conhecimento, relaxamento, alegria, felicidade, otimismo, idealismo, imaginação, esperança, sol, verão, desonestidade, covardia, traição, ciúme, cobiça, engano, doença, perigo; 
  • LARANJA – humor, energia, equilíbrio, calor, entusiasmo, vibrante, expansivo, extravagante; 
  • VERDE – cura, calmante, perseverança, tenacidade, autoconsciência, orgulho, natureza imutável, meio ambiente, saudável, boa sorte, renovação, juventude, vigor, primavera, generosidade, fertilidade, ciúme, inexperiência, inveja; 
  • AZUL – fé, espiritualidade, contentamento, lealdade, realização paz, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, unidade, confiança, verdade, conservadorismo, segurança, limpeza, ordem, céu, água, frio, tecnologia, depressão; 
  • ROXO/VIOLETA – erótico, realeza, nobreza, espiritualidade, cerimônia, misterioso, transformação, sabedoria, iluminação, crueldade, arrogância, luto, poder, sensível, intimidade; 
  • MARROM – materialista, sensação, terra, casa, ao ar livre, confiabilidade, conforto, resistência, estabilidade, simplicidade; 
  • PRETO – Não, poder, sexualidade, sofisticação, formalidade, elegância, riqueza, mistério, medo, anonimato, infelicidade, profundidade, estilo, maldade, tristeza, remorso, raiva; 
  • BRANCO – Sim, proteção, amor, reverência, pureza, simplicidade, limpeza, paz, humildade, precisão, inocência, juventude, nascimento, inverno, neve, bem, esterilidade, casamento (culturas ocidentais), morte (culturas orientais), frio, clínico, estéril; 
  • PRATA – rico, glamoroso, distinto, terroso, natural, elegante, de alta tecnologia; 
  • OURO – precioso, riqueza, extravagância. caloroso, prosperidade, grandeza. 

Algo interessante de se observar é que uma mesma cor pode despertar diferentes sentimentos. Por exemplo: o verde ao mesmo tempo tem efeito calmante, de generosidade, mas também de ciúme e inveja. Neste caso é importante analisar o contexto em que ela se aplica. Em muitos casos, podemos até mesmo ter cores associadas para despertar outras sensações. 

Um exemplo interessante é usar as cores amarelo, laranja e vermelho (principalmente nesta ordem), que podem passar uma sensação de calor. Ao mesmo tempo cores como azul e roxo/violeta, podem transmitir uma sensação de frio.  

Exemplos de aplicações da psicologia das cores no marketing 

Vamos agora trazer algumas aplicações destas cores dentro do marketing. Como mostramos naquele exemplo das imagens de vários logos famosos, é importante entender com qual público que você quer conversar e que sentimento você deseja transmitir com sua marca, pois aquele será o seu referencial dali em diante. 

A partir daí, o uso das cores irá variar de acordo com a sua necessidade. Ou seja, você não precisa se prender exclusivamente a paleta de cores da sua marca em todas as suas ações. Até porque em muitos casos, ela pode não ter o impacto que você deseja. 

Observem os exemplos: 

Verde  

Pelo seu efeito de equilíbrio, harmonia e saúde, costuma ser usado em locais que querem que seus clientes sintam-se relaxados. Neste contexto, podemos também vê-lo em locais de saúde, como forma de acalmar os pacientes. 

Amarelo  

Ela consegue ao mesmo tempo passar a sensação de otimismo, animação, de ser uma cor acolhedora e também de atenção. Por isso é comum usá-los em locais onde para jovens, já que ela tem efeito estimulante. ao mesmo tempo também é comum vê-la em botões de CTA, pois ela atrai a atenção da pessoa numa página, por exemplo. 

Vermelho  

Falamos de uma das cores de mais uso no marketing. Ela ao mesmo tempo que simboliza amor, também pode ser usada para trazer uma sensação de fome. Não por acaso, muitos fast food e outros locais de refeição a utilizam nos seus ambientes.

Além disso, ela também serve como estimulante a agir, tanto que por isso que anúncios de promoções normalmente estão em vermelho. Esse sentimento de urgência também é usado em sinalizações de emergência, pois ela destaca-se entre as outras.

Azul  

A cor está associada a paz, tranquilidade, confiabilidade e que estimula o pensamento criativo. No caso deste último, diversas marcas relacionadas à tecnologia usam ela em seus logotipos. Já outras valem-se do sentimento de confiança para utilizá-la, tanto que diversas marcas de automóveis tem o azul como cor principal, pois é justamente esse sentimento que o cliente busca ao adquirir um veículo. 

Roxo/violeta 

Esta é uma cor associada normalmente a realeza, sabedoria, criatividade também e até mesmo a espiritualidade. Por isso é bem comum comércios de produtos místicos terem uma predominância da cor no estabelecimento.  

Essa relação com sabedoria e criatividade também faz com que muitas marcas de tecnologia optem pelo roxo ou violeta ao invés do azul. Marcas de produtos de beleza também se valem desses sentimentos transmitidos pela cor, assim como clínicas de beleza e SPAs. 

Laranja  

Até por tratar-se de uma mistura de amarelo e vermelho, ela compartilha características comuns às duas. Por exemplo cor que transmite animação, confiança, estímulo a ação (mas de uma forma mais suave que o vermelho) e também a jovialidade. Tanto que é comum vermos marcas que buscam o público mais jovem, utilizar o laranja. 

Considerações finais 

O uso da psicologia das cores não é simples, pois exige muita atenção na hora de transmitir o estímulo desejado. Cada cor pode oferecer um impacto diferente ao consumidor e saber usá-lo no momento certo é fundamental para o sucesso.  

Só que para além de campanhas, o próprio desenvolvimento da identidade da marca, deve contar com um acompanhamento especializado do marketing, para que o negócio possa ter as cores que conversem exatamente com o público que se quer atingir. 

Inspiração, Insights e Estratégias para o seu Sucesso

Quer melhorar a comunicação de sua empresa?

Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe.

Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.