Aprenda como fazer prompts do ChatGPT

O uso da inteligência artificial é um debate recorrente dentro dos mais variados mercados de trabalho, especialmente aqueles que lidam com a criatividade. Apesar de ainda não haver um consenso sobre seu uso, é inegável que sua presença se tornou um aliado de muitos destes profissionais. E pensando nisso, vamos falar um pouco sobre os prompts do ChatGPT, a IA de maior destaque dentre as existentes. 

O que são os prompts do ChatGPT? 

Para quem já utilizou, sabe que o ChatGPT pode ser extremamente útil para esclarecer dúvidas e até mesmo oferecer sugestões ou auxiliar na criação de textos simples. Entretanto, ele pode ser muito genérico na resposta ou naquilo que cria.

Isso ocorre por um motivo: a pergunta que se está fazendo a ele não está sendo clara o suficiente.

Em outras palavras, a qualidade da resposta será tão boa quanto a clareza da pergunta. É neste momento que entram os prompts do ChatGPT, que basicamente representam as formas como você pede para ele entregar qualquer coisa. São as instruções que você fornece ao sistema e que ele seguirá na elaboração da resposta.

Eles são fundamentais, pois são eles que definem como será a resposta à sua pergunta. Para exemplificar: se você pedir um resumo de um filme em 500 palavras, ele vai te entregar exatamente isso. Agora, se você pedir esse resumo, mas com base em uma teoria sobre a história desse mesmo filme, a resposta será totalmente diferente.

Em resumo: os prompts do ChatGPT te permitem não apenas ter uma boa resposta, mas uma resposta adequada para aquilo que você quer ou precisa saber.

Como desenvolver bons prompts do ChatGPT? 

Contamos com diversas dicas pela internet, mas o principal é que você saiba desenvolver seus próprios prompts do ChatGPT.

Isso porque as perguntas e as dúvidas podem ser bem específicas para cada segmento e sabendo o essencial, ficará muito mais fácil para desenvolver seus próprios prompts. Pensando nisso, confiram algumas regras fundamentais na criação das suas perguntas:

1 – Use palavras de ação 

O uso de uma palavra de ação pode impactar diretamente na forma como a sua resposta será dada. Por exemplo: se você perguntar “qual a forma de traçar um plano de ação para minha empresa?” a resposta será uma.

Agora, se você perguntar “mostre-me planos de ação para minha empresa” a resposta será totalmente diferente e muito mais direcionada. A ideia é sempre usar palavras como “Me explique”, “traga exemplos”, “como fazer”, entre outras para melhorar a qualidade da resposta a ser obtida.

2 – Dê ao ChatGPT referências 

A reclamação de que as respostas do ChatGPT são muito genéricas tem a ver com a falta de referência que se dá a inteligência artificial. Pegando o próprio exemplo acima, a tendência é que as repostas de ambos não sejam muito diferentes daquilo que você já viu ou mesmo já sabe.

Agora, se você oferecer uma referência como “mostre-me planos de ação para minha empresa, baseado no meu ramo de atuação (especificando exatamente seu segmento)”, as respostas já serão muito mais específicas e voltadas exatamente para área de seu negócio. Ou seja, você aí conseguirá fazer com que ele se torne uma espécie de “conselheiro”.

3 – Invista na imersão 

Vocês já devem ter visto na internet muitas brincadeiras com pessoas pedindo para o ChatGPT criar histórias do nada, certo? Pois sabia que isso também pode ser muito útil para obter insights para sua empresa?

Voltemos ao exemplo que trouxemos: se você perguntar, “como CEO de uma empresa do ramo específico, explique os planos de ação que a levaram a prosperar nos últimos 3 anos,” ele dará uma resposta (que pode ser boa ou ruim, lembre-se disso), mas que pode te proporcionar um vislumbre do que pode acontecer durante o percurso do seu negócio.

4 – Seja sempre específico no seu pedido 

Falamos acima sobre especificidade, mas ela também precisa se aplicar aos seus pedidos. Isso vale, por exemplo, para um texto de chamada de um produto. Quanto mais claro você for sobre aquilo que quer ou precisa nos seus prompts do ChatGPT, mais próximo do ideal será o resultado.

5 – Dê exemplos  

Se você deseja algo mais próximo de determinada coisa que viu e gostou, pode pedir para ele criar algo e usar determinados textos como referência. Pegando o exemplo do texto de chamada de um produto: sem nenhum exemplo, ele provavelmente será bem genérico e pouco atrativo. Entretanto, se você trouxer exemplos, ele ficará muito mais atrativo.

Entretanto, é preciso tomar cuidado nestes casos para que não se torne um plágio de outros, o que pode ter o efeito oposto, mostrando que sua marca não é nada criativa.

6 – Defina o tamanho da resposta 

Se você faz uma pergunta e não estipula um tamanho, ela poderá ser muito maior do que você precisa. Por outro lado, é possível pedir respostas utilizando tudo aquilo que já passamos até agora, mas com uma limitação de palavras ou até de caracteres. Lembrando sempre que o tamanho das respostas deve estar alinhado com o tipo de material que você irá entregar.

Considerações finais 

Como pudemos ver, os prompts do ChatGPT podem tornar seu uso muito mais fácil e assertivo. Com ele, é possível obter valiosas dicas, insights e até mesmo produzir textos simples sobre um determinado tema.

Entretanto, deve-se ter em mente que ele sozinho não resolverá todos os seus problemas. Fazer uso excessivo do ChatGPT, ou mesmo para criações mais extensas, pode resultar em produções de qualidade inferior ou até mesmo fora daquilo que se espera.

Tenha sempre em mente que ele é uma ferramenta de apoio e não uma solução que se bastará sozinha.

O que acha de agora criar seus próprios prompts para o ChatGPT? E caso esteja buscando um trabalho bem elaborado de marketing para sua empresa, fale conosco! Deixe a Universo lhe mostrar o que pode fazer para alavancar seu negócio.

Inspiração, Insights e Estratégias para o seu Sucesso

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

O brasileiro acostumou-se que o dia 12 de junho é o Dia dos Namorados. Inclusive as gerações mais novas viveram sempre sob essa data. Filmes, séries e até desenhos vindos de fora, ao mencionarem ela (ou o “Valentine’s Day”, em inglês), associava-se aqui a,...

ler mais

Quer melhorar a comunicação de sua empresa?

Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe.

Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.