Black Friday 2022: dicas para obter melhor retorno com a data

Está chegando a Black Friday 2022! Falamos de uma das principais datas comerciais e que em 2021 movimentou cerca de R$ 5,4 bilhões, com um aumento de quase 6% em relação à 2020. Considerando que neste ano a data estará mais próxima do normal, sem interferências ou restrições por conta da pandemia, a tendência é que esses valores sejam superados. 

Só que como poder aproveitar essa data da melhor forma para impulsionar minhas vendas? Confiram neste artigo algumas dicas para que sua empresa possa lucrar com a data. 

Antes de mais nada: seja honesto e faça promoções reais 

Pode parecer estranho um aviso desses, mas é extremamente necessário reforçar, especialmente quando o assunto é Black Friday. O motivo? Certamente alguém já se deparou com alguma “promoção” que na verdade não era uma promoção ou com locais que aumentavam o preço um tempo antes, apenas para voltar ao original no dia, etc. 

Essas atitudes que infelizmente ocorreram em grande quantidade no início da Black Friday no Brasil, fez com que memes como “Black Fraude” e “tudo pela metade do dobro” se tornassem recorrentes na internet durante a data. Inclusive por conta disso, já tivemos ações e muitas pessoas indo ao Procon ou mesmo postando no Reclame Aqui sobre as propagandas enganosas. 

Ainda que hoje tenhamos algumas pessoas mais desavisadas que compram no impulso, a grande maioria dos consumidores que esperam pela Black Friday já fazem um acompanhamento até de meses em diversas locais, buscando pelas melhores ofertas e promoções.  

Ou seja, se o local tentar passar a perna no cliente, pode não apenas perdê-lo para sempre, como a exposição negativa, pode deixar sua imagem queimada com potenciais compradores. Por isso, se você for participar da Black Friday, faça promoções reais, pois assim sua chance de sair da data até com novos leads, pode aumentar. 

Copa do Mundo e Black Friday: uma oportunidade única de negócio 

Falamos de fato de uma oportunidade única, já que foi puramente por uma questão climática que a Copa do Mundo será no final do ano. Então essa será uma rara data em que duas grandes datas comerciais ocorrerão de forma simultânea. 

Para quem montou um planejamento estratégico e se antecipou a esse fato, as chances de um excelente retorno são imensas. Afinal, falamos de um período em que determinados setores tem uma alta de vendas (ainda que no caso da Copa, seja um evento comercial de nicho).  

Este é um momento em que pode-se oferecer produtos para acompanhar a Copa ou torcer pela seleção como promoções de Black Friday. Camisas, bebidas alcóolicas, petiscos, TVs, sistemas de som, etc. Para empresas que trabalham com esse tipo de produto, mesclar as duas datas pode ser uma ótima alternativa de alavancar suas vendas durante todo o mês. 

Dicas para aproveitar a Black Friday 

Com tudo isso em mente é chegada a hora de investir em estratégias para conseguir um bom retorno durante a Black Friday. Confiram as principais: 

1 – Definir o período em que ela ocorrerá 

Inicialmente sendo apenas durante a sexta-feira, hoje já temos lojas que fazem a “Black Week” ou mesmo o “Black November”, colocando respectivamente a semana e o mês com promoções.  

Ainda que boa parte das principais promoções fique para sexta, ao oferecer produtos com desconto durante a semana ou o mês, pode ser uma forma de já atentar o cliente para sua empresa, especialmente se os anúncios trouxerem boas promoções. Ainda que ele não venha a comprar naquele primeiro momento, a chance de ele procurar no seu negócio primeiro aumenta. 

2 – Faça um planejamento baseado nos anos anteriores 

Caso você já tenha participado de outras Black Fridays, você provavelmente já terá um bom material sobre os resultados da data. Entre os principais dados que você deve levar em conta estão: 

  • Quantidade de vendas concretizadas;  
  • Taxa de rejeição;
  • Acessos (total e número de acessos simultâneos);  
  • Conversões;  
  • Total vendido e o lucro;  
  • ROI (retorno sobre investimento em português) das ações de marketing. 

A partir desses dados, será possível entender o comportamento do consumidor, acertos e erros das ações e fazer o melhor planejamento em cima disso. Caso seja seu primeiro ano, procure investir em um sistema CRM para poder armazenar todos os dados obtidos no período. 

3 – Prepare sua estrutura 

Especialmente se você trabalha com comércio eletrônico, você deverá investir em uma estrutura robusta para comportar o grande fluxo de pessoas que acessarão sua página no dia. Caso você tenha já participado anteriormente da Black Friday, será mais fácil saber o quanto você precisará aumentar. Caso não, vale fazer uma estimativa sobre o potencial crescimento de acessos de pessoas no site. 

A melhor forma de evitar isso é conhecer a capacidade técnica da sua plataforma. Descubra quanto tráfego você conseguirá receber, pois hospedagens compartilhadas podem não aguentar picos de acessos. Após essa avaliação, pode ser preciso conversar com a empresa fornecedora de hospedagem para avaliar se é necessário aumentar o plano no período e como fazer isso. 

Além disso, é primordial investir em segurança. Por isso, ter o site em HTTPS não apenas trará mais credibilidade, como servirá também para melhorar seu rankeamento nas buscas. Isso ocorre pelo fato de que os que já possuem o “S” (e não o antigo HTTP) possuem o certificado SSL/TLS. 

Para quem não o conhece, esse certificado é responsável por validar o site e criptografar informações que o usuário envia ou recebe dele, fazendo da sua página mais segura para o usuário.  

Caso você não o tenha, podem aparecer avisos de site não seguro quando o usuário tenta acessar a página, especialmente neste caso em que serão pedidas informações pessoais, desde e-mail até o número do cartão de crédito. Com isso, o usuário pode ficar desconfiado e deixar de comprar no seu site.  

4 – Criar landing pages ou abas para Black Friday, preparar estoques e definir promoções 

Com a estrutura pronta, cabe definir a estratégia a ser adotada. Aí tanto você pode optar por criar uma aba exclusiva para as promoções da Black Friday, como fazer landing pages que coletam os dados do usuário, para que você possa enviar as promoções a eles, através do e-mail marketing. Mesclar ambas também pode ser uma ótima opção. 

Não podemos esquecer que o trabalho nas redes sociais é importantíssimo. Modificar fotos de perfil, papel de parede dos perfis, reforçar através delas o período que sua empresa oferecerá as promoções (dia, fim de semana, etc) além de enfatizar a “oportunidade única” que eles terão, estão apenas entre alguns exemplos de como aproveitar essa poderosa ferramenta.

Depois disso, chegará a hora de analisar seu estoque e definir as promoções. Neste caso normalmente entram aqueles produtos parados no estoque, os que possuem maior margem de desconto e também os chamados “isca”, que são aqueles produtos baratos com bom desconto que servem de chamariz para o cliente. 

Finalmente, deve-se pensar em ter um estoque que comporte a demanda, sem que haja o risco de faltar um produto que o cliente tenha pedido. Além disso, é fundamental estar atento para quando determinado item esgotar, tirar ele da página. 

Considerações finais 

A Black Friday já está consolidada no Brasil e ainda que sofra um pouco com sua má fama inicial, claramente mostra-se uma data de alto potencial de retorno financeiro para empresas dos mais variados setores.  

Ainda assim, como mostramos ao longo do artigo, todo o sucesso da data passa por um bom planejamento e preparação para assim poder atingir os melhores resultados possíveis. E acima de tudo, sempre lembrar de fazer uma base de dados consistente, pois mesmo que seja sua primeira Black Friday, você terá informações valiosas para os próximos anos.  

Inspiração, Insights e Estratégias para o seu Sucesso

Quer melhorar a comunicação de sua empresa?

Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe.

Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.