Como o 5G vai influenciar o marketing digital

O mês de julho de 2022 certamente ficará marcado na história da tecnologia brasileira por ter sido a chegada do 5G ao Brasil. Vale dizer que mundialmente, ela já existe desde 2019, só que aqui pelas mais diversas questões (que não vem ao caso se aprofundar), sofremos um atraso para que fosse implantada. 

Naturalmente que uma evolução tecnológica como essa, impactará profundamente o marketing digital no futuro e será justamente sobre isso que falaremos hoje: as perspectivas e possibilidades que o 5G deverá trazer. 

O que é o 5G? 

Provavelmente você já deve ter lido/visto sobre, mas vamos refrescar sua memória. Trata-se da quinta geração de conexão móvel sem fio (e sim, o “G” é pura e simplesmente de “geração”). Ela chega trazendo um grande salto evolucional ao atual 4G que temos disponível na grande maioria dos celulares do mercado atualmente. 

Entre as principais evoluções, temos: 

  • Aumento de velocidade – conexões de ponta 4G hoje alcançam no máximo 100 MBPs, com o 5G deve-se alcançar entre 1 e 10 GBPs, o que deixaria pelo menos 10 vezes mais rápida a navegação; 
  • Diminuição de latência – sabe quando você está vendo algo ao vivo, fazendo uma chamada e tem aquele “delay”? Trata-se da latência, que é o tempo que os dados levam para ir do local de origem, até o de destino. Hoje, a média é de 50 a 70 milissegundos, mas com o 5G espera-se que fique entre 1 e 5 milissegundos; 
  • Suporte para conteúdos pesados – é uma consequência direta dos casos acima. Ou seja, vídeos em 4K deverão tornar-se mais comuns; 
  • Maior conectividade – como os aparelhos poderão se conectar a diversos transmissores de sinal, a chance de queda ou de que a internet oscile, será muito menor. Além disso, será possível também ter mais aparelhos ligados na mesma rede, sem perda de velocidade. 

Com tudo isso, cria-se um leque novo de possibilidades envolvendo não apenas a internet tradicional, como também a internet das coisas (IoT), que nada mais é do que a internet utilizada dentro em aparelhos domésticos ou em objetos de uso pessoal. 

Como o 5G poderá impactar o marketing digital? 

Atualmente o que se sabe é que as mudanças deverão ser consideráveis, especialmente em questões de produção de conteúdo. Por exemplo: a realidade virtual poderá ser aplicada em maior escala, considerando que teremos uma internet de maior velocidade e a possibilidade de transmissão rápida de conteúdos mais pesados. Inclusive essa parte também envolve o conceito do metaverso. 

Com isso, poderemos ter campanhas envolvendo experiências virtuais 360 como tours, shows, entre outros. Também deve impactar na questão da realidade aumentada, criando novas possibilidade de usos, como uma popularização do manequim virtual, em que a pessoa “experimenta” a roupa e visualiza ela através de sua tela. 

Podemos ter um aumento de ações de marketing através de streamers, em lives ou outros tipos de transmissões virtuais (a depender naturalmente da faixa etária do seu público-alvo). Observa-se a possibilidade até de uma gamificação, com campanhas se valendo de games interativos promocionais, para aumentar o alcance da marca. 

Ainda há o terreno dos carros autônomos, que pode tornar-se uma ferramenta poderosa de marketing, especialmente para estabelecimentos comerciais. A explicação é: imagine que uma pessoa pegou um carro autônomo logo após chegar em uma cidade que não conhecer e deseja comer algo?  

As oportunidades de marketing digital aí serão diversas, pois como o carro já contará com todo um sistema eletrônico, ele mesmo poderá sugerir ao longo do caminho locais para lazer, descanso, comer, eventos, tudo isso baseado no histórico do cliente em questão.  

As possibilidades que se abrem são inúmeras, mas ao mesmo tempo não devem alarmar quem ainda não está tão familiarizado com essa tecnologia… 

Perspectivas de implementação massiva 

Analisando apenas no âmbito nacional, certamente podemos aguardar alguns anos para ver o 5G aplicado em larga escala. Para além de ser uma tecnologia nova, que boa parte dos equipamentos sequer suporta, aqueles que já conseguem fazer uso dela, são os modelos top de linha, que no Brasil atual, são de acesso ainda mais restrito. 

Somem a isso o fato que até o fim do ano a tendência é que apenas as capitais tenham o 5G implementado, com as cidades com 500mil+ habitantes tendo acesso a nova tecnologia ao longo de 2023 (mas sem cronograma definido).  

Com tudo isso, muitos não terão pressa para trocarem seus equipamentos, já que sequer terão acesso as funcionalidades do 5G ou ainda terão acesso à tecnologia recém implementada, que pode sofrer com os mais variados tipos de problemas (só ver o 4G que mesmo hoje está longe de ser um primor). 

Então vale a pena sim começar a ter em mente um futuro com novas possibilidades no marketing digital, mas ao mesmo tempo, podem ter a tranquilidade de fazer essa transição sem pressa, pois ainda levará tempo para que o 5G seja implementado massivamente aqui. 

Contato

Quer melhorar a comunicação de sua empresa? Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe. Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.