5 filmes sobre marketing que você precisa assistir

Certamente, você já deve ter ouvido aquela clássica frase: ‘a arte imita a vida’, não é mesmo? Pois foi justamente com base nela que pensamos no tema do nosso blog de hoje, que abordará filmes relacionados ao marketing.

O objetivo é trazer dicas de produções que exploram o marketing em suas diversas facetas. Temos filmes com abordagens sutis, outros mais diretos, e alguns onde o marketing serve como uma ‘escada’ para uma crítica mais aprofundada. Independentemente da abordagem, os insights, ideias e dicas que esses filmes apresentam podem ser valiosos para muitos profissionais.

Com isso, você poderá unir o útil ao agradável, assistindo um filme para relaxar enquanto expande seus conhecimentos sobre as diferentes abordagens possíveis nessa área.

Mas vamos ao que interessas: os filmes sobre marketing!

1 – O Lobo de Wall Street (2013) 

Este filme é essencial para quem deseja entender como marketing e vendas estão interligados. Ele é baseado na vida de Jordan Belfort, um corretor da bolsa de valores americano. O longa tem Leonardo DiCaprio no papel principal e narra a trajetória do protagonista até ele se tornar um dos corretores mais influentes de sua geração.

Sem revelar muitos detalhes (pois evitaremos spoilers em todas as dicas), o filme não apenas provoca reflexões, mas também oferece valiosas orientações aplicáveis ao marketing digital.

Por exemplo, é intrigante para o marketing observar como o personagem consegue personalizar sua linguagem e oratória em seus discursos e apresentações. Sua comunicação é inteiramente adaptada para atender a diferentes tipos de clientes e investidores, destacando a importância de compreender o comportamento do consumidor para vender qualquer produto ou serviço.

O filme também ilustra como Jordan era um mestre em gerenciar sua imagem pessoal, o que pode fornecer insights a partir das técnicas que ele usava para fortalecê-la.

No entanto, nem tudo são aspectos positivos; o filme também suscita uma reflexão séria sobre ética e responsabilidade. Em ‘O Lobo de Wall Street,’ podemos ver claramente as consequências de práticas antiéticas, não apenas no marketing, mas no mundo dos negócios em geral.

2 – Obrigado por fumar (2005) 

Este é outro dos filmes sobre marketing que não pode faltar na lista, pois aborda uma das indústrias que mais gerou vendas por meio da publicidade e do marketing: a do cigarro.

O longa acompanha os bastidores da indústria de tabaco do ponto de vista de um lobista, Nick Naylor, porta-voz das grandes empresas do setor. Ele ganha a vida defendendo os direitos dos fumantes nos EUA, sempre fazendo de tudo para evitar que uma imagem negativa seja associada à indústria tabagista.

Ele compartilha muitas similaridades com ‘O Lobo de Wall Street’, especialmente nas técnicas de persuasão que Nick utiliza para convencer o público de que fumar não faz mal à saúde. Por meio de seu carisma, ele consegue argumentar a favor do tabaco, mesmo quando temos evidências provando o contrário.

Além disso, o filme também levanta a reflexão sobre a falta de ética e responsabilidade, mostrando o impacto que determinadas campanhas podem ter no público.

Observação: a indústria do tabaco construiu, ao longo de muitas décadas, uma imagem extremamente poderosa em torno do cigarro. Quem não se lembra dos anúncios que frequentemente apresentavam um caubói promovendo uma marca de cigarro? Ou mesmo da presença do cigarro constantemente associada aos mocinhos em filmes e séries? Atualmente, ainda é possível encontrar menções ao tabaco em filmes, mas as peças publicitárias da área não são mais bem aceitas pelo público. Tanto é verdade que aquelas que dominaram as revistas durante décadas no século XX já não são vistas com frequência.

É interessante notar que até mesmo os próprios atores dessas campanhas se tornaram ativistas contra o cigarro, e muitos deles, infelizmente, faleceram devido a doenças relacionadas ao tabagismo.

3 – Do Que as Mulheres Gostam (2001) 

Após abordar dois filmes com temas mais pesados, vamos criar um ambiente mais leve com essa comédia de sucesso dos anos 2000. O filme explora o universo feminino e tem como cenário principal a agência de publicidade Sloane Curtis. Mel Gibson interpreta Nick Marshall, o diretor de criação que, de repente, adquire o dom de ouvir os pensamentos das mulheres.

Dentro do enredo clássico de uma comédia romântica, encontramos dicas extremamente interessantes para o marketing. O filme destaca principalmente a importância de ter clareza sobre o público-alvo de suas ações, um conceito que sempre enfatizamos em nossos artigos.

Além disso, ele também apresenta elementos valiosos para o mundo empresarial, como a ênfase no trabalho em equipe e insights sobre a rotina de uma agência de publicidade.

4 – Jobs (2013) 

Este filme, para além da mera curiosidade que muitos têm sobre o homem que representou a Apple por muito tempo, também oferece dicas valiosas sobre marketing. Curiosamente, o filme não aborda toda a vida de Steve Jobs, mas apenas o período entre 1970 e 1984.

O longa, estrelado por Ashton Kutcher no papel de Steve Jobs, apresenta a biografia do fundador da Apple. Diferentemente do que muitos acreditam, Jobs não era a mente criativa por trás da corporação, mas sim aquele que buscava uma maneira de dar vida às ideias mirabolantes dos jovens nerds que trabalhavam com ele.

Este último ponto é de grande interesse para quem trabalha com marketing, pois demonstra o esforço necessário por trás das boas ideias para torná-las comerciais e lucrativas.

5 – A Rede Social (2010) 

Vamos abordar uma história bastante controversa, porém fundamental para aqueles que desejam assistir a filmes sobre marketing. A história da criação do Facebook também nos fornece valiosas lições, além do fato de que é praticamente obrigatório para quem deseja cultivar sua imagem no mundo digital.

O filme retrata a juventude de Mark Zuckerberg, que em 2003 criou o ‘Facemash’ como forma de se vingar de sua ex-namorada. O site permitia que os alunos da faculdade classificassem a aparência das garotas do curso. No entanto, essa ideia não foi bem aceita e resultou em sua suspensão do campus.

Só que esse potencial não foi desperdiçado, pois os irmãos gêmeos Cameron e Tyler, juntamente com seu colega Divya Narendra, procuraram Zuckerberg para solicitar ajuda na criação de outra rede social. Ele aceitou a proposta e, usando as ideias dos amigos como base, desenvolveu sua própria, chamada ‘The Facebook’, com a ajuda do amigo Eduardo.

O filme, como os dois primeiros que citamos, mostra também a questão ética, já que Zuckerberg se apropriou de uma ideia que não era inteiramente sua (tanto que foi processado pelos gêmeos e condenado), assim como ele agiu para eliminar a presença de Eduardo, que também o processou. 

No entanto, o longa também nos apresenta algumas dicas interessantes para utilizar no marketing. Ele demonstra como aproveitar uma necessidade de mercado, a criação de uma rede social que conectasse pessoas dentro da faculdade, e como soube capitalizar essa demanda para promovê-la rapidamente.

Ainda podemos testemunhar o poder do marketing viral, já que o crescimento rápido do Facebook se deu principalmente através do boca a boca que ocorreu no campus de Harvard.

O que acharam de nossas sugestões de filmes sobre marketing? Já assistiram a algum deles? Preparem a pipoca e desfrutem desta série de filmes que, além de entreter, representam uma importante fonte de aprendizado sobre técnicas de marketing.

Inspiração, Insights e Estratégias para o seu Sucesso

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

O brasileiro acostumou-se que o dia 12 de junho é o Dia dos Namorados. Inclusive as gerações mais novas viveram sempre sob essa data. Filmes, séries e até desenhos vindos de fora, ao mencionarem ela (ou o “Valentine’s Day”, em inglês), associava-se aqui a,...

ler mais

Quer melhorar a comunicação de sua empresa?

Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe.

Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.