Atualização do Google e o fim do conteúdo de baixa qualidade

O Google, de tempos em tempos, traz atualizações em seu mecanismo de busca, mas nenhuma irá impactar tanto a internet como a anunciada neste mês de março de 2024. Isso porque a expectativa é que ela reduza em cerca de 40% conteúdo de baixa qualidade e feitos por IA, cada vez mais numerosos em sua ferramenta.

Quer saber se sua empresa será afetada com isso? Confira lendo nosso artigo!

Combate a conteúdos de baixa qualidade e feitos por IA: os focos da atualização do Google 

Estas atualizações feitas pelo Google visam otimizar a experiência de busca do usuário. Contudo, algumas são de menor escala, com pouca ou nenhuma menção. Só que casos como estes, conhecidos também como “core updates”, acabam virando notícia pelos efeitos sentidos por sites e portais devido às mudanças que trazem.

Especialmente esta atualização do Google é tida como a maior dos últimos anos, assim como uma das mais rigorosas. Vamos agora entender um a um dos principais pontos desta core update:

1 – Punição a quem abusa de “conteúdo escalável” e priorização do conteúdo de qualidade 

Inicialmente, explicaremos o que é o chamado conteúdo escalável. Para quem desconhece o termo, se trata de quando um site produz um grande volume de páginas com o intuito de manipular as classificações de pesquisa, resultando em altas quantidades de material não original e de baixo valor para o usuário. Falamos de páginas que se valem de satisfazer os termos de busca para ranquearem bem dentro do Google.

Atualmente, com a chegada das IAs, muitos deles passaram a usá-las para produzir materiais em grande escala. Só que isso virou um problema para o buscador, que se viu inundado por textos repetitivos, genéricos, superficiais e desatualizados. E agora, todos eles serão tratados como spam pelo Google.

O principal foco com isso é dar maior ênfase aqueles conteúdos feitos por meio de pesquisa, originais e que de fato possam agregar a quem está lendo.

2 – Abuso de domínio expirado 

Isso ocorre quando alguém compra um domínio que tinha uma boa reputação e faz uso dele para subir diversos conteúdos de baixa qualidade, visando manipular o ranking nas buscas. Isto também será considerado spam.

3 – Abuso da reputação do site 

Acontece quando você tem publicações de terceiros (que muitas vezes não passam por supervisão do site hospedeiro), que procuram forjar os buscadores. Além de ser considerado spam e punir a página em questão, quem a hospedou também pode ser afetado.

Punições rigorosas para quem violar as novas diretrizes 

Mostrando que não tem nenhuma intenção de pegar leve com quem violar estas regras, já temos relatos de sites que sofreram punições que foram de queda no ranqueamento, até mesmo a desindexação dele do Google.

O que isso significa? Uma remoção completa do seu site dos resultados de pesquisa. Ou seja, sua página simplesmente deixa de aparecer no Google. Para exemplificar o estrago disso, temos casos de sites que tinham mais de um milhão de visitantes orgânicos no mês e foram a zero, como mostrado na pesquisa do site originality.ai 

E desde o dia 5 de março (um dia depois do anúncio), diversas páginas começaram a receber notificações de ações manuais dentro do Google Search Console. Ou seja, eles foram removidos dos resultados do buscador.

E ainda segundo a pesquisa, são justamente os sites com a toda ou a maioria do seu conteúdo feito por IAs que foram penalizados. Eles pegaram 100 artigos de sites compartilhados publicamente que foram desindexados do buscador e analisaram a prevalência de conteúdo feito por inteligência artificial e o resultado impressiona:

  • 100% dos sites que tiveram ação manual mostraram sinais de uso de IA; 
  • 7 dos 14 sites que analisamos tinham mais de 90% de seus artigos de amostra com conteúdo feito por IA. 

Como evitar ser afetado por isso? 

Primeiramente é preciso observar, caso você possua esse tipo de material no seu site, se já está sendo afetado pela mudança de algoritmo desta atualização do Google. Caso sim, o primeiro passo é retirar todo o conteúdo que se enquadre em conteúdos feitos por IA, abuso de domínio expirado ou abuso de reputação.

A partir daqui, vale tanto para quem quer evitar passar por isso, como para quem deseja se recuperar do estrago causado por uma punição:

  1. Priorize o conteúdo original e útil – isso significa a produção de materiais frutos de pesquisa, com conteúdo que não é encontrado em outros lugares, além de trazer informações úteis para seu público;
  2. Construa sua autoridade de domínio – este é uma consequência direta da regularidade do primeiro tópico. A partir do momento que você publica regularmente conteúdos originais e úteis, você constrói uma autoridade orgânica em seu segmento. Com isso, você se torna presença recorrente nos mecanismos de busca, podendo escalar cada vez mais, conforme a constância em que investe na produção de bons materiais;
  3. Conteúdo focado no usuário – parece meio óbvio, mas não é. Você sempre deve trazer materiais que priorizem os interesses e necessidades do seu público e não focar em conteúdos pensados apenas para performar bem nos mecanismos de busca;
  4. Não tente enganar os algoritmos do Google – por fim, mas não menos importante, vamos reforçar a questão de usar práticas éticas de SEO e de construção de autoridade. Evite a todo custo realizar práticas como as que citamos, pois certamente o buscador vai lhe punir e você pode perder anos de trabalho em segundos.

Preocupação com conteúdo original, humanizado e com foco no seu público-alvo, algumas das principais missões da Universo 

A atualização do Google passou uma mensagem clara aos donos de sites: estamos de olho, não aceitaremos conteúdo de baixa qualidade ou feitos por IA e quem violar isso será rigorosamente punido.

Então caso você já faça isso em seu site ou esteja pensando em fazer, é o momento de parar e pensar se você quer jogar no lixo todo o investimento de anos em sua página!

Aqui na Universo, nossos conteúdos são sempre originais, autorais e pensados exatamente para atender as dores e necessidades de seu público. Antes mesmo desta atualização, sempre norteamos nossa atuação em uma comunicação humanizada, pois sabemos o valor da relação empresa-cliente, que quando bem construída, não apenas fideliza, como faz da pessoa uma defensora da marca.

Entre em contato conosco e deixe seu site na vanguarda das atualizações dos mecanismos de busca. 

Inspiração, Insights e Estratégias para o seu Sucesso

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

Dia dos Namorados: qual origem da data no Brasil?

O brasileiro acostumou-se que o dia 12 de junho é o Dia dos Namorados. Inclusive as gerações mais novas viveram sempre sob essa data. Filmes, séries e até desenhos vindos de fora, ao mencionarem ela (ou o “Valentine’s Day”, em inglês), associava-se aqui a,...

ler mais
Marketing em eventos: por que investir neste nicho?

Marketing em eventos: por que investir neste nicho?

O marketing em eventos não é exatamente algo novo, mas ele tem ganhado cada vez mais espaço e sido olhado com mais interesse pelas empresas. Isso porque, além de ser uma ótima opção para divulgar sua marca, também é um local extremamente propício para fechar novos...

ler mais

Quer melhorar a comunicação de sua empresa?

Tirar um projeto da cabeça e começar a fazer com que ele vire realidade? Entre em contato com nossa equipe.

Não trabalhamos com nenhum tipo de pacote pronto, analisaremos a sua necessidade e apontaremos a solução de acordo com o que sua empresa precisar.